terça-feira, 21 de outubro de 2014






O Livro das Perguntas foi publicado pela primeira vez em 1974, um ano depois da morte do poeta chileno. Não há como saber se todas as 296 perguntas que o compõem foram escritas pouco antes dele morrer. Ele pode ter rascunhado as questões ao longo de anos, em momentos de epifania diversos.



Onde pode viver um cego a que perseguem as abelhas?

Se acabar o amarelo, com o que vamos fazer o pão?

Me diga, a rosa está nua ou tem apenas esse vestido?

Quem escuta os remorsos de um automóvel criminoso?

É verdade que as esperanças devem regar-se com orvalho?

Quantas perguntas tem um gato?

Quem gritou de alegria quando nasceu a cor azul?

Amor, amor, aquele e aquela, se já não são, para onde se foram?

Ontem, ontem, disse a meus olhos, quando voltaremos a ver-nos?

Que distância em metros redondos há entre o sol e as laranjeiras?

Quanto tempo dura um rinoceronte depois de enternecido?

Que aprendeu da terra a árvore para conversar com o céu?

Quem era aquela que te amou no sonho, quando dormias?

Para onde vão as coisas dos sonhos?

Vão para o sonho dos outros?



Q



Ozzetti canta Nei Lisboa no projeto Unimúsica





Ná Ozzetti canta Nei Lisboa no projeto Unimúsica

                        http://www.maisportoalegre.com/wp-content/uploads/2014/10/na.jpg

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Monólogo: A mulher que escreveu a Bíblia, no Santander Cultural


http://www.scliar.org/moacyr/noticias/monologo-mulher-que-escreveu-biblia-santander-cultural/


noname

terça-feira, 7 de outubro de 2014





sábado, 4 de outubro de 2014

Para sempre teu, Caio.
Documentário para os amantes de Caio Fernando Abreu.

http://vogue.globo.com/lifestyle/cultura/noticia/2014/10/cande-salles-lanca-documentario-sobre-caio-fernando-abreu.html

Razão, emoção, inspiração e certeza que as experiências vividas na docência são incomparáveis!!!



http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/10/1527105-aos-97-anos-mulher-no-interior-de-mg-realiza-sonho-de-concluir-faculdade.shtml?cmpid=%22facefolha%22

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Reflexão Linguística.
Qual a diferença entre ícone, símbolo e signo?
Discussões em breve!


E aí quem decifra primeiro?




Depois de algum tempo em reflexão...
(Re)ativando um espaço para falar de língua brasileira...
Falar de suas manifestações reais e fenômenos linguísticos...
Acompanhe!!